BE KIND, BE KIND; BE KIND.

A propósito de hoje, 13 de Novembro, se assinalar o World Kindness Day (Dia Mundial da Bondade), lembrei-me de um plano do filme “Shut Up and Play the Hits” — uma espécie de “The Last Waltz” deste milénio — que regista o último concerto dos absolutamente geniais LCD Soundsystem, no Madison Square Garden, NY.
A cena tem lugar no escritório do manager da banda, onde numa das paredes está exposto um poster em tipografia simples, mas a berrar-nos uma mensagem que nunca mais nos abandona o sub-consciente:
NOTE TO SELF: BE KIND, BE KIND; BE KIND.
De todas as imagens do filme — e o filme é brilhante e arrebatador, com muitos momentos de grande emocionalidade —, esta foi a que mais retive e mantenho presente, até porque é também a imagem que mais guardo do carácter de James Murphy.
Ser gentil, bondoso e generoso é algo que cada um de nós deve levar a sério, sempre, por muito que nos custe, em todos os momentos da nossa vida, com quem quer que seja!

[Print: “Note to Self: Be Kind, Be Kind; Be Kind.”, by Rob Reynolds]

Anúncios

7 comentários»

  j. wrote @

Às vezes, não nos apetece sermos generosos e bondosos. Há dias em que queremos ser self-centered-bitches, egoístas, virados para o ego (também é preciso!).
Mas, depois, quando, naturalmente, quase sem pensar, demonstramos generosidade a/por alguém, é tão recompensador. Será sempre?

  Tiago Coen wrote @

Se não é, deveria ser.

  j. wrote @

Mas, ao sermos generosos com outros, não estamos nós, mesmo que inconscientes disso, a desejar um retorno qualquer? Nem que seja do karma!..

  Tiago Coen wrote @

Normalmente, sim, mas não tem que ser.
No simples acto de dar já está contido o receber.
O que se receber de retorno será sempre um bónus extra.

  Franz E. wrote @

generosidade e tolerância são futuro. A não ser que queiras mudar em pouco tempo, ai, mudarás mas não por muito tempo.

  Tiago Coen wrote @

Totalmente de acordo, Franz.
Enquanto não se mudarem as mentalidades dominantes, de pouco valerá o esforço de mudança.

  linda David wrote @

Be kind,sempre,talvez seja a única maneira possível de Ser(-se).
Não chega – “é tremendo ser-se”.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: